Abanico

Conta-se que um dia um escultor ficou com o olhar preso num conhecido fenómeno da natureza: um pavão exibia o seu manto majestático de penas, só para chamar a atenção da fémea e saciar as suas vontades proibidas. O espectáculo fora de tal forma esplêndido, que dois dias mais tarde tinha já o artista esculpido uma peça baseada no que tinha visto. Deu-lhe o nome de leque. E para poder sobreviver, deu-lhe também uma utilidade simples. E os leques foram-se reproduzindo pelas modas, pelas gentes, pelos palácios, pelas óperas e pelas épocas, como um adereço imprescindível. Mas o mundo haveria sempre de usar o leque para expulsar o calor, nunca para o deter dentro de si. O mundo, excepto uma mulher: Teresa. Teresa sempre fora uma rapariga tímida e reservada, mas aos 21 anos recebeu um presente secreto, uma carta e um leque de um admirador, um nobre que vivia em Sevilha. Na carta, concedia-lhe o absoluto e em troca apenas lhe pedia que dormisse sempre com o leque por perto. No momento em que, pela primeira vez, pegou no leque, Teresa tornou-se numa imperatriz. Todas as noites sonhava com estranhos pavões a saciarem as suas vontades proibidas. 



Prémios

2017


International Wine Challenge - Medalha OURO
International Wine and Spirits Competition - Medalha PRATA
La Selezione del Sindaco - Medalha PRATA
Sommelier Wine Awards (SWA) - Medalha BRONZE
Decanter World Wine Awards - Recomendado

2016


Selezione del Sindaco - Medalha OURO
International Wine and Spirits Competition - Medalha PRATA
International Wine Challenge - Medalha PRATA
Decanter World Wine Awards - Recomendado

2015

Selezione del Sindaco - Medalha GRANDE OURO
Concours Mondial Bruxelles - Medalha OURO
International Wine Challenge - Medalha PRATA
Concurso Vinhos de Portugal - Medalha PRATA

2014

Selezione del Sindaco - Medalha GRANDE OURO
Concours Mondial Bruxelles - Medalha OURO
Challenge International du Vin - Medalha OURO
International Wine Challenge - Medalha PRATA
Decanter World Wine Awards - Medalha PRATA

2013

International Wine Challenge - Medalha de PRATA
Vinalies Internationales - Medalha PRATA
International Wine and Spirit Competition - Medalha PRATA
Decanter World Wine Awards - Medalha BRONZE

2012

Concours Mondial Bruxelles - Medalha OURO
Decanter World Wine Awards - Medalha PRATA

Abanico


País Portugal
Região Região do Dão
Subregião Serra da Estrela
Clima Continental Seco
Solo Pobre
Tipo Granitíco
Castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Jaen
Classificação VQPRD DOC Dão
Vinificação Em cubas de cimento com pré e pós maceração fermentativa
Envelhecimento Um ano em barricas de 225 litros de carvalho francês
Consumo Imediato (com grande potencial de envelhecimento)
Gastronomia Pratos de carne estruturados e queijos
Garrafa 0,75 L
Caixa 6 garrafas
Enólogo Paulo Nunes

Clássico vinho de blend, o Abanico Reserva nasce de diferentes vinhas da Casa da Passarella. As castas que lhe servem de base são a Touriga Nacional, o Alfrocheiro e o Jaen, e respeitando o equilíbrio das diferentes parcelas escolhidas, colhemos as uvas de forma manual para caixas de 12kg. A fermentação decorre em cuba tradicional de cimento e é feita maceração pré e pós-fermentativa, o estágio é feito parcialmente em barricas novas de carvalho francês durante um ano, sendo que todo o processo de estabilização para o engarrafamento é feito de uma forma natural - não sujeitamos este vinho a qualquer tipo de filtragem.