Enxertia

Num lugar de Lagarinhos, de cujo nome todos se devem lembrar, vivia, há muito, um viticultor que não tinha os pés bem assentes na terra, consequência directa, dizia-se, do seu amor desmedido pelo vinho. Este homem tinha dedicado grande parte da sua vida a levitar com um livro na mão, um copo na boca e a cabeça nas nuvens, e talvez por isso tenha alcançado tanto êxito, apesar da extravagância das suas ideias. Tornou-se exímio na arte da enxertia, que considerava “uma espécie de intervenção cirúrgica de delicada beleza” e propunha que este método se deveria aplicar a tudo na vida.
Quando lhe perguntaram como é que conseguia obter sempre a mesma casta magnífica de cada vez que praticava a enxertia numa vinha, respondeu que isso se devia sobretudo ao uso de um espelho. Um espelho?, voltaram a perguntar. Sim, um espelho, respondeu. E logo a seguir começou a explicar: um espelho é, por si só, uma autêntica máquina de enxertia. Qualquer excerto da realidade pode ser enxertado num espelho, sem nunca perder  o seu fascínio. Basta que eu enxerte com a melhor casta a primeira videira, para assistir, através do espelho, à reprodução infinita de tudo quanto fiz.
Ora, e de que forma é que conseguiu, apenas com um espelho, acabar com o flagelo da filoxera? Muito simples: confundindo o insecto. Contratei um ajudante, um camponês rechonchudo, paciente e um pouco previsível, encarregado de segurar estrategicamente um grande espelho que reflecte serenamente a vinha. Como os insectos têm uma enorme predilecção narcisista, têm tendência a atacar primeiro o reflexo e esquecem-se da verdadeira iguaria. Ficam todos esborrachados ali.



Prémios

2015

Os Melhores Vinhos do Dão Engarrafados - Medalha OURO



Alfrocheiro


País Portugal
Região Região do Dão
Subregião Serra da Estrela
Clima Continental Seco
Solo Pobre
Tipo Granitíco
Castas Alfrocheiro
Classificação VQPRD DOC Dão
Vinificação Em cuba de cimento com maceração pré e pós-fermentativa
Consumo Desde já (com grande potência de envelhecimento)
Gastronomia Pratos de carne estruturados e queijos
Garrafa 0 ,75 L
Caixa 6 garrafas
Enólogo Paulo Nunes

O Enxertia nasce da heterogeneidade do nosso encepamento. Todos os anos são diferentes nas condições edafo-climáticas. A partir desta diferenciação resolvemos criar um vinho com base no melhor comportamento da casta no ano vitícola. Tendo como base esta filosofia, sentimos a liberdade de escolher em cada ano a casta melhor refletida. Inauguramos esta referência com o Alfrocheiro do ano 2011.

A fermentação decorreu em cuba de cimento com fermentação espontânea. Estágio de 12 meses em barrica e 18 meses em garrafa. Todo o processo de estabilização resultou de processos minimalistas e naturais.

 

Jaen


País Portugal
Região Região do Dão
Subregião Serra da Estrela
Clima Continental Seco
Solo Pobre
Tipo Granitíco
Castas Jaen
Classificação VQPRD DOC Dão
Vinificação Em cuba de cimento com maceração pré e pós-fermentativa
Consumo Desde já (com grande potência de envelhecimento)
Gastronomia Pratos de carne estruturados e queijos
Garrafa 0 ,75 L
Caixa 6 garrafas
Enólogo Paulo Nunes

O Enxertia nasce da heterogeneidade do nosso encepamento. Todos os anos são diferentes nas condições edafo-climáticas. A partir desta diferenciação resolvemos criar um vinho com base no melhor comportamento da casta no ano vitícola. Tendo como base esta filosofia, sentimos a liberdade de escolher em cada ano a casta melhor refletida. Depois do Alfrocheiro em 2011, é agora a vez da Jaen do ano 2012.

A fermentação decorreu em cuba de cimento com fermentação espontânea. Estágio de 12 meses em barrica e 18 meses em garrafa. Todo o processo de estabilização resultou de processos minimalistas e naturais.